Archive for the ‘fun’ Category

h1

Art

19/02/2011

h1

Como abrir um pote de geléia Queensberry?

10/02/2011

Minha mãe comprou uma geléia de ameixa há uns 3 dias e eu estava morrendo de vontade de experimentar. Todas as vezes em que tentei abrir o maldito pote, falhei. Eu tentei até a mão ficar roxa, tentei abrir com faquinha, com a força, tacando na parede (mentira) e N-A-D-A. Acabava sempre ficando com o requeijão prático mesmo.

Perguntei no Twitter e entre porradinhas no fundo e esquentar a tampa no fogão, minha querida amiga Vérys me deu a dica. SUCESSO! Vejam aí um passo-a-passo ilustrado:

Você vai precisar de:

Uma colher de sorvete de metal (que pode ser substituída por um martelo de carne):

E, obviamente, um pote de geléia maldito e tenso de abrir da Queensberry:

Modo de abrir:

Dê porradinhas (um MONTE, até amassar bem) com o cabo da colher no meio da tampa do pote, bem nesse miolinho azul aí, ó:

Tente “desrosquear” a tampa… isso… faça um pouquinho mais de força. Um pouquinho mais. Aê. Pronto. TCHARAM!!! Temos um pote de Queensberry aberto!

h1

História do Natal Digital

10/12/2010

Um dos melhores e mais criativos vídeos que vi ultimamente! Dispensa comentários!

 

h1

Seriados e Rock and Roll!

02/12/2010

Minha paixão por rock and roll e meu vício em seriados não são novidades para todos que me conhecem pelo menos um pouco. Já escrevi mais de 4 posts sobre séries aqui, acho que já deu pra perceber, né?

Essa semana recebi uma mensagem de um amigo no Twitter que dizia o seguinte: “Preciso da ajuda de alguém viciado em séries, melhor ainda, em House, pra eu matar uma curiosidade minha, você se habilita?”

Ué… que mal teria ajudar alguém sobre qualquer coisa relacionada a uma série que eu acompanho episódio por episódio, né? Claro que me “habilitei”! Aí ele:

“Episódio em que o Vogler quer ferrar com o House, bem no final, o House finge tocar piano na mesa… eis que entra o Vogler e acaba com a alegria dele ao desligar o rádio. Você sabe qual é aquela música?”

Apesar de se tratar de um episódio da 1ª temporada (e eu já estou assistindo à 7ª), eu lembrava dessa cena E da música! Pensei: “Putz, é Baba O’Riley do The Who! Que animal!”. E é claro que, antes de dar a resposta ao meu amigo, recorri ao mestre Google e… bingo! Era o mesmo episódio e a música que eu havia imaginado! Mandei pro meu amigo, que ficou impressionado por eu ter conseguido adivinhar com uma “descrição tosca” daquelas, como ele mesmo disse.

Claro que nem sempre isso acontece, mas andei pensando e eu realmente não esqueço de episódios de seriados que tocam músicas que eu gosto de verdade. Eu adoro The Who, e Baba O’Riley é um clássico, não tive como esquecer.

A cena a qual ele se referia é essa:

O vídeo está editado, pois o único que eu encontrei com a cena original não pode ser embedado. Mas é isso! :)

Este fato me inspirou a escrever um post sobre rock and roll e seriados, mostrando algumas cenas de séries que eu assisto que já tiveram um classicão no meio! Ah, e pesquisando para isso, vi que é IMPRESSIONANTE como House é puro rock and roll. Lembro de pelo menos 3 ou 4 cenas dessa série que eu gostaria de colocar nesta seleção… difícil escolher só algumas.

Vamos lá!

Read the rest of this entry ?

h1

It makes a difference

10/11/2010

Recentemente, a agência TBWA de Cingapura criou uma campanha para promover o “Movember“, um movimento criado na Austrália que incentiva homens do mundo inteiro a cultivarem seus bigodes durante um mês, tudo isso para conscientizá-los sobre dois problemas de saúde masculinos: o câncer de próstata e de testículos.

A campanha “Moustaches Make a Difference” é famosa no mundo inteiro e todo ano gera anúncios divertidos e impactantes.

Junto com os anúncios abaixo, a campanha também traz uma ação na rede social Facebook, onde você pode interagir com outros usuários a favor da campanha. Achei genial ;) Acessem a página da campanha no Facebook aqui e morram de rir com as fotos bizarras postadas pelos usuários!

O mais legal de tudo é o “Moustache Generator”, uma brincadeirinha em flash onde você pode fazer o upload da sua foto e ver qual o bigode que lhe cai melhor.

Que tal meu HANDLERBAR moustache, han? ;)

Esse ano, a campanha utilizou imagens de celebridades mostrando a diferença que o bigode faz em seus rostos. Clique nas setinhas do slideshow para ver todas :)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há também um vídeo da “Movember” que promoveu o evento na Nova Zelândia esse ano:

Essa campanha, “Moustaches Make a Difference”, me lembrou uma campanha mais antiga da agência LG&F da Bélgica para a marca de óculos Oogmerk. É uma das minhas preferidas :) O ilustrador mandou muito bem. Só para relembrar, aí estão os anúncios que trazem o slogan “Get the respect you deserve” (receba o respeito que você merece), ou seja, se você usar óculos, as pessoas lhe  enxergarão do jeito que você realmente é… ou que merece.

Read the rest of this entry ?

h1

Tiririca, o filio do Braziu!

08/10/2010

Entre os vídeos mais citados no Twitter essa semana, está essa paródia do filme “Lula, o filho do Brasil” feita pelo Pablo Peixoto, onde o Lula é substituído pelo deputado federal mais votado do país: Tiririca!

Esse Pablo Peixoto é um abestado, meu! Os vídeos dele têm uma repercussão gigante. O nego é gênio!

Assistam aí:

Se quiserem assistir aos outros vídeos, acessem o canal do Pablo no Youtube.

h1

A língua inglesa e 24 sotaques!

07/10/2010

Meu tio compartilhou esse vídeo no Facebook dele e eu achei GENIAL! Vale um post aqui :)

Um menino britânico gravou um vídeo demonstrando 24 sotaques da língua inglesa. Ele separou por regiões da Inglaterra e dos Estados Unidos, demonstrou o inglês australiano, irlandês, sul-africano e franceses, alemães, italianos, chineses, indianos, russos e outros “gringos” falando inglês. As diferenças são nítidas!

É sensacional! Ficou muito divertido :)

Até quem não manja muito de inglês percebe a diferença entre os sotaques. Eu acho o inglês britânico o MAIS bonito! Das demonstrações do menino no vídeo, a que eu gosto mais é a “British – Southern – Formal RP”. É muito gracinha!

E para os viciados em séries, só para não perder o costume… o sotaque Southern – USA é MUITO True Blood, né?